Gasolina Premium (Podium) Vale A Pena?

PODIUM

 

Gasolina premium vale a pena?
A gasolina premium tem maior octanagem e é mais limpa. Mas será que compensa o custo maior na bomba?

Apesar de apenas a Petrobras, com a Podium, oferecer uma gasolina premium (de maior octanagem) no mercado brasileiro, a dúvida é comum a todos os motoristas: vale a pena pagar a mais por esse combustível? Existem mitos e verdades sobre esse assunto. Confira:

Gasolina premium, o que é?
A gasolina premium é um tipo de combustível vendido no Brasil com um índice de octanagem maior. Por sua vez, a octanagem é um índice usado para classificar o combustível conforme a incidência de longas cadeias de carbono. Quanto maior o índice, mais difícil fica para ocorrer a pré-detonação, conhecida como “batida de pino”, que é a ignição do combustível antes de a vela enviar a centelha, ocorrendo apenas pela compressão no cilindro e pela maior temperatura do motor.
“Gasolina boa não é a que queima fácil, mas sim a que queima na hora certa”, lembra Eduardo Polatti, dono da Power Burst, empresa ligada ao desenvolvimento de tecnologias energéticas. Polatti também chegou a trabalhar com desenvolvimento de combustíveis e lubrificantes para a Fórmula 1 enquanto trabalhou para a Shell.
Com a gasolina premium o motor pode fazer a queima na hora certa e aproveitar o máximo do curso do cilindro para gerar movimento após a explosão. “A queima ideal tem que ocorrer quando o pistão está exatamente no ponto mais alto de seu curso, nem antes nem depois. Gasolina com menor octanagem pode gerar uma queima antecipada, a pré-detonação, o que obriga o motor a adiar a centelha e a explosão se dá com o pistão já descendo, o que não é o mais eficiente”, explica.
Hoje, a gasolina comum possui um índice de 87 IAD (Índice Antidetonante), enquanto a gasolina premium chega a 95 IAD e ainda tem agentes detergentes que atuam na limpeza dos componentes internos do motor, como válvulas e bicos injetores, assim como ocorre com a gasolina aditivada.

Gasolina premium não tem etanol – Mito
Muitos pensam que, por ser mais cara que a gasolina comum, a premium não contém etanol. Isso está errado. A Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) regulamenta que toda a gasolina vendida no Brasil tenha entre 20% e 25% de etanol na composição e isso não muda só porque a gasolina é premium.

Gasolina premium deixa o carro mais potente – Mito
“Se você não tem um carro com motor grande, de alta taxa de compressão e que não foi feito para rodar com a gasolina brasileira, não há efeito nesse sentido”, explica Ricardo Bock, professor do curso de Engenharia da FEI (Fundação Educacional Inaciana). “Mesmo nesses casos, o ganho de potência é pequeno. Num carro com pouca litragem (baixa cilindrada), a diferença é imperceptível”, completa.

Gasolina premium deixa o carro mais econômico – Mito
Se você abastece com gasolina premium buscando economia de combustível, fique atento, pois o combustível sozinho não vai melhorar em nada o consumo do carro. “Se o carro aproveitasse bem o combustível e se ele gerasse mais potência, talvez houvesse uma pequena melhora no consumo. Como os motores da maioria dos carros brasileiros (flex) não aproveitam os benefícios de uma maior octanagem, a autonomia do carro não se altera”, diz Bock.

Gasolina premium faz o carro poluir menos – Verdade
Uma das grandes diferenças da gasolina premium para a comum está na quantidade de enxofre na composição. Para cada milhão de moléculas de gasolina comum, existem 800 partes de enxofre, ou 800 ppm (partes por milhão). Na premium, são apenas 30 ppm. Após a combustão, o elemento é expelido na forma de dióxido de enxofre e causa chuva ácida. Porém, o uso da gasolina premium não altera a emissão de outros gases na atmosfera.

Gasolina premium aumenta a vida útil do motor – Verdade
Com menos enxofre, acumulam-se menos resíduos no motor, mas o maior ganho está no escape: “o acúmulo de enxofre é mais prejudicial ao catalisador. No longo prazo, é a peça que mais se beneficia da gasolina premium”, relata Polatti.

Aonde eu encontro gasolina premium?
Hoje, apenas os postos Petrobras oferecem a gasolina premium, chamada de Pódium. Mesmo assim, não são todos os postos da empresa que a oferecem. Como a Petrobras não tem uma relação de quais oferecem e quais não oferecem a Podium, é preciso buscá-la em locais específicos, caso se queira abastecer com esse tipo de gasolina. Procure-a em cidades grandes, em postos próximos aos centros comerciais e os que têm maior movimento, são os locais com maior incidência de estabelecimentos que oferecem esse tipo de combustível.

Quanto custa a gasolina premium?
A ANP tem um relatório atualizado sobre o preço da gasolina no Brasil, mas não separa a comum da aditivada ou da premium. A média geral em junho foi de R$ 2,84 por litro de gasolina. No caso da premium, na região da capital paulista, os preços variam entre R$ 3,40 e R$ 4, dependendo da região. Espere preços maiores em regiões mais remotas.

Vale a pena ou não?
Considerando que a gasolina premium é mais cara e não entrega ganhos sensíveis em desempenho ou economia de combustível, é difícil que o valor a mais na bomba compense. Porém, se você quer prolongar a vida útil do carro e se importa com uma emissão menor de poluentes, a gasolina premium é o preço a se pagar por esses benefícios.

Fonte: iCarros – 08/7/2013 – http://icarros.uol.c…ena-/14617.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s