É NORMAL BAIXAR O NÍVEL DO ÓLEO DO MOTOR?

MOTOR 2

 

(Saiba se o consumo de óleo do seu motor está normal, ou se o motor esta com problemas).

Mesmo com toda tecnologia empregada, os motores atuais consomem óleo lubrificante. O proprietário deve ficar atento e checar, periodicamente, o nível de óleo. Na verdade, é necessário que uma pequena parte do óleo do motor seja consumida para que os componentes internos do motor tenham uma longa vida útil.

Quando o motor está em funcionamento o pistão executa um movimento de subida e descida na extensão do cilindro.

 

Toda vez que o pistão executa este movimento de subida, uma pequena quantidade de óleo lubrifica uma folga (mínima) entre o pistão e o cilindro.

Quando o pistão desce os seus anéis que excutam a raspagem do óleo, devolvem a pequena e fina película entre o pistão e o cilindro.

Este ciclo se repete em todos os pistões e cilindros do motor. Mas uma pequena parte do óleo durante a subida do pistão é conduzida para a câmara de combustão, onde ocorre a combustão (queima do combustível+ ar).

Por causa disso que o motor acaba consumindo uma pequena quantidade de óleo lubrificante. Outro ponto a destacar é o Blow-By, (respiro do óleo do motor), por onde saem vapores de óleo.

Mas porque em alguns motores o nível de óleo do motor não baixa?

O que ocorre é que, após o óleo subir para câmara de combustão e ocorrer à queima formam-se resíduos carboníferos. Estes resíduos carboníferos são destinados ao coletor de escape, mas uma pequena parte acaba escapando pelos anéis e se misturando com o óleo no cárter. Por causa dos resíduos carboníferos misturados com o óleo o nível de óleo do cárter não baixa.

O que ocorre é à substituição do óleo lubrificante por resíduos carboníferos. Estes resíduos contaminam, sujam, escurecem o óleo do motor, tornando-o escuro e mais espesso. Por causa desta constante contaminação é extremamente necessário executar a troca do filtro e do óleo do motor.

Mesmo os motores modernos precisam de trocas de óleos constantes?

Os motores modernos por apresentarem performance superior aos motores, mas antigos, suportam temperaturas mais elevadas, altas rotações e uma carga interna muito maior.

Por isso que, alem das trocas de óleo do motor, existe há necessidade de se utilizar lubrificantes especiais (sintéticos ou semi-sintéticos). Só estes lubrificantes conseguem lubrificar os motores atuais, evitando assim o contato interno das partes metálicas, preservando as características originais do lubrificante e ajudando também na parte de refrigeração do motor.

Para que o motor tenha uma vida longa deve sempre trocar o filtro e óleo do motor, seguindo sempre as orientações de troca sugerida pelo manual do fabricante. A classificação do óleo (Ex: 20W50 SL, 5W30 SL, 10W40 e etc.), também deve ser verificada no manual do fabricante.

 

Caso venha utilizar um lubrificante mais “grosso” ou de uma classificação inferior a sugeria pelo fabricante, qual o risco que estou correndo?

Simplesmentede óleo tem que fazer muito esforço para carregar os tuchos hid

Dicas: O ideal de consumo de óleo do motor é de, 1,0l a cada 1.000km no máximo.

Fonte: http://enginengenharia.blogspot.com.br/p/e-normal-baixar-o-nivel-do-oleo-do.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s