Dores na articulação da mandíbula podem ser facilmente tratadas

ARTICULAÇÃO

 

Dores na articulação da mandíbula podem ser facilmente tratadas

Quando a pequena articulação que liga o maxilar à mandíbula não funciona corretamente, surgem dores de cabeça, no ouvido, sensação de pressão e dor atrás dos olhos, e desconforto e estalos ao abrir muito a boca ou ao mastigar. E estes são apenas os sintomas mais fáceis de diagnosticar.

A ATM (abreviação para articulação temporomandibular) pode ser localizada nas laterais do rosto à frente das orelhas, e une a mandíbula ao crânio. Sua função é possibilitar os movimentos da boca, por isso seu mau funcionamento pode causar sensações de desencaixe e travamento. Em alguns casos, são apenas estalos e desconforto moderados. No entanto, muitas pessoas apresentam dores severas, que impedem a maior parte das atividades normais e levam ao comprometimento da qualidade de vida. Esta disfunção é chamada de DTM (disfunção temporomandibular).

As causas podem ser diversas: pequenos traumas, postura incorreta da cabeça, pouca qualidade de sono e pouca ingestão de água, sedentarismo, ter o hábito de roer as unhas ou morder os lábios podem levar ao desenvolvimento da doença.

Até onde se tem conhecimento, não há uma cura definitiva para a DTM, mas os tratamentos são eficazes em aliviar os sintomas. Dependendo do grau do problema, relaxantes musculares, analgésicos ou anti-inflamatórios podem ser uma solução. Técnicas de relaxamento também podem ser úteis, pois ajudam a aliviar o estresse diminuindo a tensão muscular na mandíbula. Para os casos em que o osso é afetado e os demais tratamentos não surtem efeito, é indicada uma cirurgia na articulação.

Os pacientes que sofrem de DTM raramente reconhecem os sintomas e não costumam relacioná-los ao trabalho de um dentista. Muitos convivem com as dores de cabeça durante anos. No entanto, o dentista (principalmente o especialista em DTM e dor orofacial), é o profissional mais indicado para diagnosticar e tratar esse problema.

Existem hoje no mercado algumas placas de acrílico que aliviam os sintomas através da estabilização da mordida. No entanto, estas placas podem desacelerar o tratamento, pois impedem o uso simultâneo de aparelho ortodôntico e o desconforto provocado atrai poucos adeptos.

Como alternativa, existem aparelhos móveis de silicone que se encaixam em ambas as arcadas e permitem as movimentações dentárias: o aparelho TMJ, que faz parte do Sistema Trainer de aparelhos odontológicos, além de promover alívio imediato dos sintomas da DTM, não necessita de moldes. Feito em silicone médico, o aparelho garante grande conforto ao paciente por ser extremamente macio, tornando-se uma nova opção para profissionais especializados que ainda dão continuidade a tratamentos definitivos que, porventura, ainda sejam indicados.

A paciente Márcia Charleaux, de São Bernardo do Campo, SP, sofria de dores terríveis e já havia passado por profissionais de várias áreas até procurar o Dr. Paulo Rogério Faria, que indicou o uso do aparelho T4B, do Sistema Trainer: “Para mim teve um resultado de 99,999%”, brinca. “Sentia muitas dores no rosto, e o ouvido vivia doendo. Aí fui no odontologista e comecei a usar esse aparelho. Nunca mais tive dor de ouvido, nunca mais tive que tomar injeção para dor”, conclui Márcia.

Comunicação Orthosource do Brasil

FONTE: http://www.dzai.com.br/orthosource/noticia/montanoticia?tv_ntc_id=35969

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s